Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2009

Resultado da 3ª enquete

A idéia oportuna desta enquente e sua respectiva pergunta foi:

A partir da idéia do Presidente Lula, tomei a iniciativa de propor no meu blogue: "O dia do Hipócrita" com H maiúsculo. Na sua opinião, quem deveria ser o(s) grande(s) homenageado(s) neste dia importante?

Resultado final:

Lula e o PT
9 votos (69%)

Lula e os mensaleiros
1 voto (7%)

Lula e Dilma Roussef
1 voto (7%)

Lula e o MST
0 voto (0%)

Só ele
2 votos (15%)

Neste blogue, o voto emana do povo, e o povo da sublime verdade escolheu o Sr. Presidente Lula e o PT como principais homenageados no Dia do Hipócrita, cabe ao Sr.Presidente definir um calendário e se neste dia será feriado nacional. Fica aí a sugestão.

Para entender a enquente e não o Lula!

O Presidente da República Federativa do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, se referindo a Igreja Católica e ao Arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Sobrinho, sobre o caso da criança de nove anos que foi estuprada e "convencida" a abortar dois gêmeos, disse em uma entrevista:

"Só não criamos com o Dia da Luta contra a Hipocrisia, mas eu sonho com isso."

Ver a matéria inteira aqui:

Por isso promovi um "trote internético" sugerindo um "Dia do Hipócrita" em homenagem ao Sr. Presidente, que já começa sua hipocrisia dizendo que é cristão. Para quem ainda não entendeu, foi só uma brincadeira e não levarei isso adiante no meu blogue, talvez de outra forma, quem sabe? Mas até que seria divertido! Quantos hipócritas que se dizem católicos existem por aí, não é? Esse foi o meu meio de protestar contra ele! Rebatendo suas gracinhas com as mesmas armas. Eu não ligo com quantas pessoas possam votar, e nem sei se isso chegará até ele, o que importa é o Sr. Pre…

Ridículo!!

Excomunhão por aborto pode ser questionada na Justiça (mas hein?)

Da redação

Promotor diz que excomunhão da mãe e dos médicos que realizaram um aborto numa menina de nove anos de idade pode ser questionada na justiça (questionada na justiça... mas será só isso?).

A justiça comum poderia ser acionada contra a decisão do arcebispo de Olinda e Recife Dom Jose Cardoso Sobrinho que excomungou a mãe e os médicos que fizeram o aborto numa menina de nove anos grávida de gemêos, vítima de estupro praticado pelo padrasto (que piada! o que vão fazer? processa-lo por agir como um bispo da Igreja?). A opinião é do promotor Robertoi Tardelli que considera que a posição do bispo uma demonstração de fundamentalismo (ahh.. entendi, a opinião do Sr. Promotor em matéria de direito canônico vale mais do que a autoridade de um bispo, mas em que se fundamenta o Sr. Promotor já que acusa Dom José de fundamentalismo?)

O arcebispo recebeu apoio do cardeal do Vaticano responsável pela America Latina que disse que …

Não há quem chore pelas criancinhas

Caros leitores,

Quando estava ainda pensando em escrever alguma coisa contra esses pérfidos abortistas da mídia e do governo, deparei-me com esse ótimo artigo de Dom Lourenço que exprime muito bem a cólera divina contra quem comete essa barbárie, esse ato insano...faço minhas as palavras de Dom Lourenço!

http://www.permanencia.org.br/revista/atualidades/aborto.htm

Ditadura militar no Brasil? ( Parte III e final)

Os militantes comunistas, incluindo os brizolistas, seguiam fervorosamente as influências da Revolução Cubana de 1959 (muitos militantes, entre eles estudantes universitários, viajavam para Cuba para terem aulas de guerrilha) e de Moscou. Cuba e a União Soviética apoiaram maciçamente a luta armada no Brasil. O Brasil vivia ares tensos antes mesmo de 1964, a luta armada ganhava desenvoltura nos campos por meio da articulação das Ligas camponesas no nordeste.

O General Olimpio Mourão Fillho, escreveu um diário com revelações surpreendentes que minam a teoria do golpe de estado. De início, Mourão defendia a legalidade aparente do Presidente Jango. Embora sabendo das péssimas intenções e atuações de Brizola, Mourão observa um erro na sucessão de João Goulart e o atribui aos parlamentares, sobrou para o General Amauri Kruel , acusado por Mourão de encabeçar o golpe. Pois cabia, aos políticos do parlamento, extinguir o regime parlamenatrista para que voltasse o regime presidencialista, entã…

Entrevista de Dom Fellay ao site The Remnant

Mershon: O Vaticano, em uma carta datada de 21 de Janeiro de 2009, do Cardeal Giovanni Battista Re, Prefeito para a Congregação dos Bispos, anulou o decreto de excomunhão de 1988 dos quatro bispos da Fraternidade. Os fiéis católicos associados com a fraternidade, assim como diversos católicos em todo mundo, que se identificam com sua causa atribuíram ao menos em parte ao recente 1.7 milhões de terços do rosário que foram oferecidos para o levantamento das excomunhões. A que extensão você atribui a decisão do Santo Padre a este ramalhete espiritual?

D. Fellay: Tudo está nas mãos de Deus e Deus sabe melhor. A interação entre o plano de Deus para o mundo e o feitio dos homens é um grande mistério da fé. Eu tenho certeza de que sem a cruzada do rosário, o decreto de 21 de janeiro não seria publicado. Deus sabia da cruzada do rosário e da decisão do Santo Padre. Cada oração teve sua parte no plano de Deus.

Mershon: Em diversas afirmações públicas durante estes últimos anos, você previu que s…