Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

O Quinto Segredo de Fátima?

Antes de falar sobre o contundente artigo da Dra. Marian T. Horvat Phd, volto um pouco, e escrevo um resumo histórico, lembrando a trajetória de Antonio Socci, jornalista italiano e católico, que envolveu-se em uma intensa polêmica contra o Cardeal Bertone, que conseqüentemente envolveu toda a Cúria Romana. Socci, outrora negador do acobertamento do Terceiro Segredo de Fátima, “virou a casaca” e chegou a um nível de questionamento lógico acerca da publicação e divulgação visivelmente incompleta do Terceiro Segredo. Sua indignação se transformou em um livro de sua autoria chamado “O Quarto Segredo de Fátima”, que pretendia denunciar o encobrimento do Terceiro Segredo publicado em 2000. Socci repudiou a idéia do “bispo vestido de branco que cai morto era João Paulo II”, percebendo um sofisma envolto num quarto segredo ( que esconde a interpretação correta da visão profética de Lúcia) com que o Vaticano implicitamente deixou pistas por meio das interpretações simplistas e enganadoras do…

O sobrenatural

“Porque se levantarão falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes milagres e prodígios (...)" (Mt 24, 23-29)

Para nós cristãos, não há como duvidar da profecia de Jesus. Se não tem como negar a enxurrada de pseudo videntes, no Brasil e no mundo do pós-concílio, nos quais destaco os cincos divertidos, e estranhos, videntes de Medjugorje e a perturbada greco-ortodoxa Vassula Ryden, não tem como negar mesmo assim que são falsos profetas. Além do que, também, os falsos profetas são aqueles que fazem falsas profecias atribuidas a Nosso Senhor, a Virgem Santíssima e aos seus Santos e Anjos.

Outros tão loucos que se vestem como o próprio Cristo, mas sem fazer milagres e grandes prodígios, tem trazido para seu lado muita gente considerada equilibrada nas suas faculdades mentais, enquanto que aqueles que se "vestem" de profetas quais tais à Cristo e dizem receber revelações enviadas por Ele, balbuciadas em línguas que não chegam a ser nem um dialeto, enquadram-se no rol da m…

Uma resposta a Padre Fábio de Melo

Milagre de Lanciano

A antiga Anxanum dos “Frentanos” (povo da Roma antiga) conserva, depois de mais de doze séculos, o primeiro e maior Milagre Eucarístico da Igreja Católica. O Milagre aconteceu no século VII d.C., na pequena igreja de S. Legonziano, pela dúvida que teve um monge da Ordem Basiliana sobre a verdadeira presença do Cristo na Eucaristia. Durante a celebração da Santa Missa, depois da consagração, a hóstia transformou-se em Carne viva e o vinho tornou-se Sangue vivo, aglutinado em cinco glóbulos irregulares e de diversas formas e tamanhos.

A Hóstia-Carne, como se pode ver muito bem hoje em dia, tem o mesmo tamanho da hóstia maior usada na Igreja latina, é de côr levemente escura e torna-se rósea quando posta contra a luz.

O Sangue é coagulado, de côr pálida tendente ao amarelo-ocre.

A Carne fica guardada, após 1713, num artístico ostensório de prata, elegantemente cinzelado, da escola napolitana.

O Sangue fica dentro de uma rica e antiga âmbula em cristal de rocha.

Os frades Me…

Campos de outrora: denúncias e aliados na fé (Parte I)

Faz tempo que quero colocar esses dois vídeos, meu receio é que desapareçam do Youtube ou que o Youtube desapareça com eles! São videos esclarecedores, o antigo Padre Fernando Arêas Rifan nos diz muito sobre o novo Dom Fernando Arêas Rifan.




Padre Rifan católico e combatente!



Padre Rifan denunciador das heresias juntamente..com seus aliados da FSSPX.

Limbo: doutrina incontestável

Vejamos o que diz aqui o Santo Papa Pio X no seu Catecismo Maior*:

Que nos ensina o quinto artigo do Credo desceu aos infernos, ao terceiro dia ressurgiu dos mortos?

O quinto artigo do Credo ensina-nos que a alma de Jesus Cristo, assim que se separou do corpo, foi ao Limbo, e que, ao terceiro dia, se uniu de novo ao corpo, para nunca mais dele se separar.

E isso quem diz não sou eu, é um Papa canonizado pela Igreja. Continuemos:

Que se entende aqui por inferno?

Por inferno entende-se aqui o Limbo, isto é, aquele lugar onde estavam as almas dos justos, esperando a redenção de Cristo.

Para certos liberais da internet e teólogos de meia-tigela, o limbo onde os Santos Patriarcas do Antigo Testamento estiveram, (limbus pratium) não existe mais, simplesmente porque os sequazes da "Nova Teologia" , formuladores das novidades introduzidas no Concílio Vaticano II, disseram que não, negando uma tradição de muitos séculos. Será que foi por isso que alteraram no Credo a palavra latina “ínfero…

Dawinks, um delirante.

Um dos principais ativistas ateus, que tomei conhecimento há pouco tempo de sua existência, se chama Richard Dawinks, desculpem se isso soar como novidade, de fato, para mim é.

Segundo me consta, Richard Dawinks, foi um dos colaboradores da famosa propaganda ateista nos ônibus londrinos, estampada com a brilhante frase: "Provavelmente Deus não existe..." E terceiro me consta, recentemente esteve aqui no Brasil para divulgar seu pretenso livro desmascarador do conceito de Deus. A mensagem de Richard Dawinks, que comentarei, se pode ver aqui. Só não sei se é o referido discurso que fez no Rio de Janeiro, não li tudo, apenas tive olhos para essa magnitude:

Somos todos ateus no que concerne à maioria dos deuses que a humanidade já acreditou. Alguns de nós só vão um deus além disso.

Eu sou contra a religião porque ela nos ensina a nos satisfazermos ao não entender o mundo

Bush e Bin Laden estão, na verdade, do mesmo lado: o lado da fé e violência, em oposição ao lado da razão e discu…

Cruzada do Rosário

Eu denotaria esse video de "O chamado a conversão", não pelo apelo emotivo que certamente o video efetua e produz, mas a reta intenção, com certeza, sobressai-se sobre algumas das suas supostas imperfeições. No entanto, poderia ser também o titulo da postagem, porém preferi presevar este seu título original. O produtor (ou produtores) está de parabéns. Deus seja louvado, per omnia saecula saeculorum, amem.

Em tempo: A propósito, caro leitor, já rezou sua Cruzada do Rosário hoje?

Carta aberta de Dom Fellay ao Cardeal Hoyos (de 2001)

Aqui vai uma carta-resposta antiga (de 8 anos atrás) de Sua Excelência Dom Fellay ao Cardeal Castrillion Hoyos: incompreensões de Roma!

"Eminentíssimo Senhor,

Com o olhar posto no Sagrado Coração, do qual celebramos a festa neste dia, segundo seus próprios desejos, imploro à Sua misericórdia que se digne marcar com Sua luz e Sua caridade as linhas que seguem. O jesuíta Mgr. Pierre Henrici, então secretário da Communio, dizia em uma conferência sobre a maturação do Concílio, que no Concílio Vaticano II duas tradições teológicas que essencialmente não podiam se compreender, haviam-se chocado. Sua carta de 7 de maio causou um sentimento semelhante de incompreensão e de decepção. Temos a impressão de que ela nos impõe um dilema: ou entramos na plena comunhão, e então devemos nos calar diante dos graves males que ferem a Igreja - por falta de jaula dourada, nos impõem uma mordaça - ou ficamos "de fora".

Esse dilema, nós o recusamos. Pois, por um lado, nunca abandonamos a Igreja…

Padre Fábio de Melo e as (lamentáveis) cartas entre amigos

Lamentável, só o que tenho a dizer acerca deste sacerdote. Francamente, não tenho me empenhado em publicar as múltiplas "façanhas" do Padre Fábio de Melo, já apresentadas na televisão e na internet e em outros sítios da tradição, mais creio que essa postagem servirá de grande valia para as ovelhas desatentas e de bom senso critico. Padre Fábio, infelizmente, de uma maneira ambígua e implícita, convoca os católicos a rejeitarem os dogmas da materialidade da Resurreição e a Presença Real da Eucaristia, do jeito do "espírito do Concílio", por meio de um livreco. O que dizer mais? Abaixo o texto que foi publicado no blogue "O ultrapapista Atanasiano".

Trecho do livro "Carta entre amigos", 2ª carta, p. 15 em diante.

segunda carta...

"(...) Por isso não tenho receio de afirmar que o específico das religiões não consiste em responder às perguntas, mas em nos ensinar a conviver com elas. Na tentativa de resolver os conflitos que nos afligem, corremos …

O artigo "sumido" de Dom Willianson

E eu pensei que já era..não, estava quadradamente enganado. O artigo de Dom Willianson, ainda prevalece..só que no sitio da Capela ( ligado estreitamente com a Permanência de Dom Lourenço Fleichman, isso explica minha "junção lógica" de ambos os sítios). Ver aqui.

Sobre o artigo, cometi um equívoco no segundo parágrafo de "Formas de amor". Foi uma confusão de memória em dizer que Dom Willianson se referia também as pessoas que estão "fora da Igreja" no caso da pedofilia do clero americano. Desculpem, errei de novo! Portanto, já apaguei essa afirmação na postagem, lá os caros leitores irão encontrar a continuação dizendo: "Mas por quê estou..." que não altera em nada a ideía central do texto.