Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

Algumas considerações sobre as "duas irmãs Lúcias"

Quando tive a oportunidade de ler o livro de Socci (traduzido para o português lusitano), não hesitei “devorá-lo” em poucas semanas. Fiquei impressionado com algumas revelações que concernem ao mistério (ou mistérios) de Fátima. De fato, haja mistérios! As hipóteses de Socci, tem uma certa atração lógica para explicação de toda essa polêmica das “duas Lúcias”, mesmo sem ele saber e ignorá-la completamente.

Boa parte desses "mistérios", não eram desconhecidos por mim, mas a leitura do livro solidificou as minhas certezas. Quando publiquei a postagem anterior sobre o tema, não o tinha lido, fundamentava-me em outros sítios, particularmente no sítio da Montfort. Confesso que a melhor coisa que fiz foi ter aberto suas páginas e adentrar em sua envolvente leitura. A obra de Antonio Socci suscitou-me mais uma vez, a retomada da abordagem sobre a controversa “Irmã Lúcia II”.

Sim, controversa Lúcia II, e não Lúcia I, é preciso dizer, pois para mim, não resta dúvidas de que a “irmã…

Pura maçonaria

Não é segredo para nenhum historiador sério de que D. Pedro I era maçon. Segredo ainda para muitos é o que foi o papel da mesma maçonaria no que tange as implicações politicas no Brasil. É tudo muito perfumado e proporcionalmente venenoso o que se ensina atualmente nas escolas sobre isso. Em contrapartida, quando se "investiga" o descobrimento do Brasil, pretendem passar uma ideologia perversa de que os navegadores portugueses de 1500 foram os grandes vilões da história, saqueadores, exploradores (no sentido mais comunista da palavra), e daí, passam a fase adulta para chegarem a conclusão de que foram: assassinos, criminosos, é um salto.

Não ensinam o bem que fizeram, antes se aproveitam da fraqueza humana, dos pecados, para generalizar pontos negativos de algo tão secundário, comparado a real intenção e aos atos benévolos dos colonizadores. Pelo contrário, o bom mocinho é o bom "político", que segue os principios da liberdade, igualdade e fraternidade. É aquele que…

Polônia rejeita tentativa de "reescrever" história da 2ª guerra

Esse negócio de reescrever histórias é uma "arte" surpreedentemente comunista. Foi através de tal "arte" que denominaram o governo militar como "ditadura" de 1964-1985 no Brasil. Graças a Deus que as autoridades polônesas, ao contrário das autoridades brasileiras, não silenciaram a verdade de sua história.

Polônia rejeita tentativa de reescrever história da 2ª guerra

Por Gabriela Baczynska e Denis Dyomkin

Reuters

GDANSK, Polônia (Reuters ) - O presidente polonês, Lech Kaczynski, alertou na terça-feira contra tentativas de reescrever a história, enquanto quase 20 líderes europeus se reuniam na costa do Báltico para marcar o 70o aniversário do início da Segunda Guerra Mundial.

A Rússia e seus ex-aliados do Leste Europeu estão em atrito por causa do papel exercido em 1939 pelo então ditador soviético Josef Stálin, cujo acordo com a Alemanha nazista permitiu a invasão da Polônia e o início da guerra.

Enquanto os russos se orgulham profundamente da sua vitória sobre…