Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Uma sétima vez

Nossa Senhora prometeu a Lúcia que ainda apareceria uma sétima vez. Mas estaria a Virgem Santíssima a falar de uma aparição privada à Lúcia? Ou de uma aparição futura em Fátima e sem Lúcia? E se já houve a sétima aparição privadamente à Lúcia? Mas a irmã Lúcia não deixou relatada essa sétima aparição nos seus manuscritos. Ela esqueceu? E se não houve, cabe perguntar, Nossa Senhora aparecerá pela sétima vez a quem?

Quando Nossa Senhora apareceu pela primeira vez à Lúcia, Francisco e Jacinta em 13 de Maio de 1917, eis o que disse a Nossa Mãe do Céu a Lúcia:

Nossa Senhora: “Não tenhais medo. Eu não vos faço mal.”
Lúcia: “De donde é Vossemecê?”
Nossa Senhora: “Sou do céu.”
Lúcia:”E que é que Vossemecê me quer?”
Nossa Senhora: “Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Depois, voltarei ainda aqui uma sétima vez”.
Ora, as aparições em público de Nossa Senhora aos três pastorinhos de Fátima, se encerraram n…

Che Guevara: assassino e trapalhão

“Execuções. Nós sem dúvida executamos! E continuaremos a executar tanto quanto necessário! Esta é uma guerra de morte contra os inimigos da Revolução!”

Discurso de Che no dia 11 de Dezembro de 1964 na sede da ONU em Nova Jersey.

Che Guevara é hoje em dia, um baluarte do heroísmo, defensor dos pobres e injustiçados, intelectual, exemplo de vida, ...tudo mentira!

A imagem de Ernesto Guevara que se vende é fruto de uma propaganda mundial manipuladora de massas que contaminou muitos intelectuais e sobretudo professores acadêmicos, uma propaganda que escondeu do povo - que desconhece o que seja um regime comunista real - a verdade sobre um mito. Uma propaganda que iniciou-se no começo do século XX pelos bolcheviques da antiga União Soviética e dura ainda hoje. Na verdade, Che foi uma figura que preconizou o terror e o cinismo, que assassinou covardemente, sem compaixão e misericórdia, milhares de cubanos incapazes de reagir e desarmados, sob a mira do seu fuzil, por serem considerados por el…

Fotos e fatos

As Duas Irmãs Lúcias

Fotos e Fatos
Marian T. Horvat, Ph.D.
Fui convidada pelo editor do site da TIA, Átila Guimarães, para escrever mais sobre a possibilidade de ter não uma, mas duas irmãs Lúcias, uma questão que levantei em outro artigo. Por causa da desinformação sobre uma das fotos que usei no artigo, eu estou voltando ao tema, a fim de defender que a hipótese continua válida.

Eu não tinha idéia de que o aumento da possibilidade de ter duas irmãs Lúcias iria acender a enorme polêmica que ainda está se espalhando como um incêndio. Independente de qualquer outra conclusão, este simples fato parece mostrar como muitos católicos estão suspeitando de tudo que vem do cume direcionado à Fátima. Para eles, Fátima não é uma história concluída, como algumas autoridades eclesiásticas fingem a dizer. Ela ainda está viva, muito viva. É uma reação curiosa que percebo ocorrer e deixo para quem quiser analisá-la.

Esta controvérsia trouxe muitos pratos novos para a mesa: dados históricos que tinham …

Dona eis requiem

Cor contritum quasi cinis
Gere curam mei finis
Lacrimosa dies illa
Qua resurget ex favilla
Judicandus homo reus
Huic ergo parce, Deus
Pie Jesu Domine
Dona eis requiem
Amem

De coração feito em cinza
Que cuides do meu destino
Dia de prantos, o dia
Em que do pó se erquerá
O homem, prá ser julgado
Perdoai-lhes, Senhor Deus
Vós que sois bom, ó Jesus
Dai-lhes o repouso eterno
Amém

Uma teoria da conspiração difícil de engolir: ainda as "duas irmãs Lúcias"

O rapaz aí da foto acima, ao lado da irmã Lúcia II, é o jornalista português canadense Carlos Evaristo, que segundo fontes extraídas do livro de Socci e do famoso sitio da Associação de Fátima, foi ele quem a entrevistou duas vezes entre 1992 e 1993 em duas ocasiões diferentes. Para muitos que acreditam que esta senhora é a verdadeira Lúcia, já o dão por mentiroso. Entendam a polêmica (ou esforçem-se para entender) lendo aqui.

Não sei se Carlos Evaristo foi, digamos, “ingênuo”, ou azarado, pois assim como o Cardeal Bertone, “esqueceu” de levar consigo seu gravador ou sua câmera de filmagem, só lembrou de escrever e de..uma foto... talvez? E pior, teve como duas testemunhas oculares sacerdotes que não falavam português. Parece piada, mas não é. Em relação aos registros de câmeras e gravadores, estas são peças essenciais e absolutamente fundamentais à “incrédulos” que não acreditam em apenas relatos escritos e fotos de "aparência duvidosa". Imagine! A referida foto poderia se…