Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2010

Et Verbum Caro Factum Est

Et Verbum caro factum est et habitavit in nobis et vidimus gloriam eius gloriam quasi unigeniti a Patre plenum gratiae et veritatis

É com essa belíssíma imagem acrescentada com o evangelho de São João, que fecho as postagens do blogue deste ano, comunicando aos leitores, o recesso que se inicia a partir de agora. Desejo a todos um Santo Natal e, como costuma dizer um amigo meu, uma CRUZ enorme para carregar! Até o ano que vem!



Kit pró-gay da Comissão dos direitos humanos ameaça crianças brasileiras

A denúncia é do Deputado Jair Bolsonaro. Não morro de amores por ele, mas tenho que reconhecer que está fazendo um brilhante papel na Câmara dos deputados. Ao meu ver, ele é uma das pouquissímas exceções de politícos brasileiros que ainda têm alguma decência.
Ah, quero aqui agradecer o Theophilus pelo o envio da noticia.

Mais um livro-bomba que aborda os erros do Concílio Vaticano II

Depois deO Reno se lança no Timbre,Concílio Vaticano II: um discurso a fazer eZibaldone,  eis que surge mais um livro-bomba para a "felicidade" dos radmoderns (radicais modernistas) e neoconservadores. O livro, escrito em língua italiana, se chama Concílio Vaticano II: uma história jamais contada. O autor não só se propõe a mostrar as maracutaias dos modernistas (o que Ralph Wiltgen s.v.d. já fez no seu livro) mas também, de uma maneira mais crítica, procura enfocar sobre a "análise das discussões na Aula conciliar, escolhendo não se deter, ao invés, no trabalho das comissões preparatórias". (Citado do blogue Frates in Unum.)
É interessante notar que Roberto de Mattei reconhece e conclui (justamente como também pensava Romano Amerio) que o nefasto Concílio Vaticano II se trata realmente de uma ruptura com a tradição, e não uma continuação como quer a alta cúpula dos Ecclesia Dei.
Aguardemos sua tradução para a língua portuguesa.

Sobre juízos e juízes Parte II

Muito se tem dito sobre a última (última??) polêmica envolvendo o Papa Bento XVI na qual, por meio de uma entrevista publicada em um livro,  justifica o uso de preservativos "a priori" por prostitutos ou prostitutas, e diga-se, "bem intencionados moralmente". Sinceridade,  nem quero mais falar um pingo de acréscimo sobre isso, pois muito já se foi dito mesmo. Porém, não usarei o espaço do blogue para fazer apelos dramáticos como: "olhem para mim, não acredito mais em nada!!" Bento XVI tirou a minha fé!
Dramas à parte, mas não totalmente, pude perceber o quão grave é o que o Santo Padre tenta justificar. É na verdade,  catolicamente injustificável, o que afirma ao entrevistador, mesmo se tratando de uma mera opinião. É obvio que a questão ultrapassa a canalhice exagerada da imprensa ou  a "malhação do judas antecipada" por parte dos "tradicionalistas" ou a dramaticidade digna de vários oscars de muitos por aí.
É muito importante que s…

Adiar a Condenação? (por Dom Williamson)

Após uma recente sequência de “Comentários Eleison” enfatizando a importância da doutrina (EC 162, 165-167, 169), um leitor pergunta se não seria, contudo, mais prudente adiar a condenação do Vaticano II, já que nem os altos clérigos de Roma nem os católicos em geral estão dispostos a aceitar que o Concílio é doutrinalmente tão ruim quanto diz a Fraternidade de São Pio X, assim como dizia Dom Lefebvre. Na verdade, o Concílio é muito pior.
O problema doutrinal com os documentos do Vaticano II não é, primordialmente, por eles serem aberta e claramente heréticos. Na verdade, sua “letra”, contrária a seu “espírito”, pode parecer católica, ao ponto de Dom Lefebvre, que participou diretamente de todas as quatro sessões do Concílio, ter assinado todos os documentos, exceto os dois últimos e os piores, “Gaudium et Spes” e “Dignitatis Humanae”. No entanto, essa “letra” é sutilmente contaminada pelo “espírito” da nova religião, centrada no homem, para a qual os Padres do Concílio…

Fernando Haddad ouvirá teóricos sobre veto a Charles Darwin

JC e-mail 4128, de 01 de Novembro de 2010. 

21. Fernando Haddad ouvirá teóricos sobre veto a Charles Darwin 
Conselho da Educação defende que obra tem conteúdo racista e faz apologia aberta ao genocídio e não deve ser usada na escola 
O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que vai ouvir opiniões de acadêmicos e educadores sobre o parecer do Conselho Nacional da Educação que caracteriza como racista e genocida o conteúdo da obra A Origem do Homem e a Seleção Sexual (é isso mesmo?) (São Paulo, Editora Hemus), de Charles Darwin, considerado um dos maiores cientistas do mundo por ter tido a maior ideia que toda a humanidade já teve: a evolução através da seleção natural. 
Em deliberação, o conselho afirmou que o livro está em desacordo com a legislação do país e que deveria deixar de ser dado aos estudantes ou que isso seja feito com explicações sobre seu conteúdo. Para entrar em vigor, o parecer precisa ser homologado pelo ministro. "Não vou decidir no calor do…

O meu candidato? Ninguém!!

O que li no excelente blogue ContraImpugnantes me fez mudar de idéia: achava que votar no Serra seria o "mal menor". Que mal-menor há em um partido que também não só apoia o aborto e o gayzismo como ajudou a implementar o PNDH 2 (irmão mais velho do PNDH 3)? Qual a grande diferença  do PSDB em relação ao PT?  Estou plenamente convencido em quem irei votar no segundo turno, o meu candidato se chama NINGUÉM!

Que Deus nos dê mais sábios católicos!

O saudosismo de Marx

Quando uma colega de sala da faculdade questionou se o que Marx idealizou nos seus textos, em vez de uma eloquente denúncia aos erros do capitalismo ou a um alerta aos trabalhadores alienados, ao contrário, expressaria um pensamento, opinião ou quem sabe um sentimento saudosista, pensei comigo: “É, isso tem um certo fundamento! Todavia da sua boca não soasse estas exatas palavras, isso foi o que deduzi pelo tom de sua pergunta ao olhar atencioso da mestra. Realmente -pensei mais uma vez -, Marx e os marxistas têm essa mania de nos deixar confusos, ah tem. Já nos bastasse estarmos imbuídos ainda ( tadinhos de nós!) de uma visão conservadora, tradicional, burguesa, cercando-nos por todos os lados, manifestada aqui e ali através dos nossos pitacos leigos de alunos, e aprisionados num mundo ultracapitalista, ainda vem a colega com um questionamento desses e bingo! Eis que surge a confusão mental de muitos! Será? Assim imagino e assim quero imaginar! Ela queria ter uma resposta, e eu acho…

O Brasil avacalhado

O Brasil avacalhado

*Maria Lucia Victor Barbosa

Como um todo nunca levamos a sério coisas sérias. O brasileiro é um piadista nato e seu humor lhe basta. A informalidade é nosso forte e a moralidade nunca o foi. À massa basta futebol, carnaval, cerveja, celular, TV a cabo e a felicidade comprada em 12 prestações em lojas de departamento. Valores como honra passam longe da percepção coletiva. Sentimento de pátria ocorre para uns poucos que no exterior se deparam com algum símbolo nacional ou um forró em Nova York , executado para público de Terceiro Mundo. Entretanto, na era Lula/PT, justiça seja feita, se chegou a um grau de avacalhação nunca antes havido nesse país.

No plano urdido pelo principal grupo de poder petista, uma espécie de gabinete da sombra, o Brasil avacalhado é a ante-sala da ditadura do PT, que culminará sob a dominação de Rousseff. E esta é o golem de Lula da Silva, ou seja, a criatura que ele plasmou para lhe obedecer, humana apenas na aparência que a propaganda lhe con…

"Irmã Lúcia" ecumênica?

Só para trads, os conservadores podem fechar os olhos e estribucharem:

The visionary explained that history witnessed "the outbreak of an atheist war against the faith, against God and against the People of God. A war that sought to exterminate Judaism from which Jesus Christ, the Virgin and the Apostles came, who transmitted to us the Word of God and the gift of faith, hope and charity, a people chosen by God, chosen from the beginning: 'salvation comes from the Jews.'"

http://www.zenit.org/article-16201?l=english

Ok, ok. O que a pessoa que se dizia ser a irmã Lúcia quis realmente dizer? Tentarei decifrar. Será que consigo? Pois muito bem, entendemos que o genocídio judeu (erradamente chamado de Shoá ou holocausto, uau! agora além de defensor de teorias da conspiração, também sou negacionista!!) foi horrível, repugnante, inadmissível e etc. Mas os sensatos leitores trads saberão que:

1- O extermínio nazista, a priori, não foi um extermínio contra o Judaísmo (religiã…

A particularidade que envolve a Srª. Dilma me tira do sério, literalmente...but It isn´t mean that others politicians can get out from this!

É bem conhecida as gafes da candidata do governo, bem, acho que o Sr. Reinaldo Azevedo, já expressou bem a situação. Quem é brasileiro, acompanha as notícias na internet, pois na televisão não adianta, não encontrarão nada, e tem a cuca boa, sabe bem do que estou falando. Não tenho o costume de tratar de política - ops, peraí! "Política" cai melhor- e esse blogue até evita comentar certas questões que envolvem políticos, mas precisamos abrir os olhos até para fatos hilários como esses!

Aproveito a oportunidade para convidar os católicos a assistirem não só os debates, mas toda a propaganda eleitoral gratuita, se puderem de todos eles, incluindo os canditatos ao governo de seu estado, são muito interessantes, não que daí chegará-se a conclusão de qual canditato escolher, mas talvez para rir um pouco ou fazer uma penitência "braba". E se pretender seguir este meu conselho, eita, você é muito ingênuo mesmo, hein? Surprise, I started a joke! Mas a Srª Dilma e outro…

Argumentos (ou ausência deles) que criticam a "teoria" das "duas irmãs Lúcias"

Antes de iniciar, quero de verdade, dizer que não fui de nenhuma maneira influenciado pelas demais “teses” do site Tradition in Action de Átila Sink Guimarães e de nenhuma maneira sou um simpatizante da TFP, nem dos Arautos do Evangelho, e nem de qualquer outro grupo, quer seja dissidente ou quer seja filiado.

Agora, acho que posso começar...

Bem, eu já falei que tal “teoria” pode ser contestada, mas é bom acrescentar que pode ser contestada desde que apresentem argumentos coerentes ou lógicos.

Argumentos coerentes nem sempre são fáceis de se formular. Por exemplo, a coerência (ou a lógica) exige a mesma linha de raciocino do texto do 4º parágrafo com o que você escreveu no 3º, 2º e 1º. Porém, a coerência não significa fundamento. O fundamento, por sua vez, é a extração da resposta (mas não necessariamente a solução), por meio da coerência no texto, direcionando-o ao problema, sem fugir do seu essencial.

Argumentos fundados podem então ajudar a dirimir um problema. Se faltar pois uma fo…