domingo, 25 de abril de 2010

Minhas "curtas"

Ok, ok. Essas coisas nem merece maiores atenções, a não ser para rir (ou chorar). Contudo, tenho o direito de fazer também aqui minhas "curtas"...

Extra! Extra! Richard Dawkins pensa em ser Napoleão Bonaparte!

Extra! Extra! Terceiro Segredo de Fátima finalmente tirado da gaveta de algum lugar do Vaticano!

Extra! Extra! Disputationes Theologicae entre Dilma Roussef e Datena!

O Papa sendo preso na Grã-Bretanha?

Organizações católicas questionam o julgamento daqueles que procuram acusar o Papa.


Reportagens recentes e um artigo, têm sugerido que Sua Santidade Papa Bento XVI, poderia ser preso em sua quarta visita de Estado a convite do Primeiro Ministro, Gordon Brown, e indiciado ao Tribunal Criminal Internacional (TCI) por (inespecíficos) “crimes contra a humanidade”.

Os noticiários parecem estar desinformados sobre a lei.

O exercício da lei criminal é um dever do Estado e não um trabalho de vigilantes privados seguidores de uma agenda particular ideológica. Não há um único delito criminal sob a lei britânica na qual poderia conceitualmente ser alegada contra o Papa Bento XVI, mas pela invocação ao nome do TCI, conclui-se que existe uma séria desinformação sobre o papel daquele tribunal.

O TCI foi criado na ordem de concordar com o que o Estatuto de Roma (a ameaça internacional estabelecida no TCI) se refere como “os mais sérios crimes concernentes a toda comunidade internacional”: crime de genocídio, crimes contra a humanidade, crimes de guerra e o crime de agressão. O Estatuto de Roma deixa claro que o objetivo do TCI está nas situações ( tais quais foram obtidas no Congo) onde o governo normal e a regra da lei foram quebradas, sendo de urgente necessidade conduzir-se a um imparcial tribunal internacional.

“Crimes contra a humanidade” somente surgem “quando submetidos como parte de uma ampla difusão ou um ataque sistemático direto contra qualquer população civilizada, com conhecimento do ataque." Não existe fundamento para tal reivindicação contra o Papa e isso é risível. O poder exercido pelos Bispos Católicos Romanos na lei relata a posições de empregados, diretores de escolas, conselheiros de instituições etc, sob a lei inglesa. Nenhum desses ofícios são sustentados pelo Papa. Sua influência é exercida por meio de voluntária e pura obediência dos católicos. Sem poder direto legal, nem delito em lei pode ser meramente implicado. Até mesmo a nomeação de bispos não é sempre reconhecida por alguns países.

Continue lendo (em inglês) no sítio do The Remnant

Tradução: Sublime Verdade

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Zezinho, O Grande

Zezinho* fora responsável pela conversão de muita gente. É inegável que Zezinho, após ter criado seu site no final da década de 90, trouxe muitas almas para a verdadeira religião. Os testemunhos são inúmeros! Estive com um dos alunos do Grande Zezinho no local onde “ele” e seus pupilos costumam se reunir. Lá, tive a oportunidade de iniciar a conversa com o Sr. Godofredo, um dos primeiros alunos do Professor, Doutor, Mestre Zezinho.

Pedia a permissão para gravar a entrevista, e ele me concedeu sem reservas. Porém, antes de começar a fazer as perguntas ao Sr. Godofredo, ele já me adiantara que o próprio Zezinho já estava ciente da minha presença e que tinha me mandado sua benção apostólica via fax, isso significava um sinal de boa sorte para minha entrevista. Eu retribui dizendo que estava muito agradecido pelo carinho do Grande Zezinho e pelo reconhecimento do meu trabalho. Então, eu fiz a pergunta que todos os católicos gostariam de fazer ao Sr. Godofredo:

- Como o Sr. conheceu o Grande Zezinho?

Godofredo. - Eu era um comunista..(risos.) Praticava magia negra, fui maçon do último grau. Coincidentemente, o Mestre Zezinho era tudo isso e mais um pouco..(risos) Éramos integrantes do PC do B, e depois PCB e mais adiante PC mais C do que B e muitos outros partidos posteriores. Lutavamos contra a ditadura militar na década de 60. Tínhamos o mesmo ideal, entende?

-É.. acho que sim..

Godofredo. – Logo após apanharmos da polícia em 1969, Zezinho teve uma visão..não sei se era um anjo.. mas parecia com um.. na verdade, eram vários que circulavam sobre sua cabeça. Pois bem, uma aparição disse-lhe que o tinha escolhido para criar um site e salvar as almas católicas da danação eterna.

- Peraí, o Sr. está me dizendo que o Grande Zezinho era também vidente?

Godofredo. – Não só estou afirmando que ele é vidente, mas também é profeta..

-Certo..agora já que o tempo é curto, gostaria que o Sr. falasse sobre as aulas de Filosofia, Teologia, Política, Direito Canônico e etc, administradas pelo Grande Zezinho.

Godofredo. – É diferente, sabe? (risos). Não são aulas presenciais...na verdade, depois daquele impasse com a polícia em 1969, que culminou com sua visão mística, nunca mais o vi.

- E os outros alunos?

Godofredo. - Nunca o viram (risos). Só o conhece pelos seus artigos no site e obviamente pelas aulas.

- O Sr. poderia nos dizer como são essas aulas?

Godofredo. - Claro. Nós mandamos emails e ele responde com detalhes a cada tema, depois pede-nos que pesquisemos individualmente no próprio site zezocatholicum.com.br por causa do perigo nos outros sites que obviamente se dizem mais católicos do que o Mestre Zezinho. Mas sabemos que isso não é verdade.

-Certo... mas antes de gravar a entrevista você me garantiu que se encontra sempre com o Mestre Zezinho aqui, você e os outros discípulos.

Godofredo. - Sim, mas não em corpo, mas em espírito. Recebemos mensagens psicografadas dele e ...

- Sei, sei. E agora me fale um pouco do Programa de Rádio “Voz sobre os católicos” na The SuperCatholicRadio que fica em Londres.

Godofredo- É sensacional! O Mestre Zezinho é de uma fé católica de causar inveja. Ele faz questão de atacar os hereges em seu programa, sem temer ninguém.

- Mesmo falando palavrões?

Godofredo –Não são palavrões. São mensagens decodificadas para que os inimigos do Grande Zezinho não rastreiem seu bafo santo através das ondas sonoras radiofônicas. Para ser mártir, não precisa dar bobeira não é?

Ok, e quanto a apologia em defesa do aborto?

Godofredo –Quem espalhou isso é um caluniador. O Mestre Zezinho nunca defenderia gente mais gorda.

-Recentemente, o Grande Zezinho criou um blogue e escreveu um artigo muito estranho sobre o escândalo da pedofilia, o título em si já chama atenção, se chama “ Eu acuso o celibato dos padres”. Poderia falar sobre isso?

Godofredo- Eu posso explicar.. a razão desse artigo.. desse título é assim porque..é porque..

-Ok, o Grande Zezinho, no seu livro “Minha História”, demonstra também ter uma simpatia pelo homossexualismo cristão, defende a hermeneutica do Vaticano II, o diálogo inter-religioso, a missa nova e é declaradamente contrário ao latim na missa.

Godofredo- Entre essas coisas que você citou, sei que ele falou uma vez na rádio sobre a importância de se criar uma super missa nova, com o padre "plantando bananeira" em cima do altar, versus populum, mas não entendo como isso pode ser criticado tão duramente.

- Tá, agora o senhor vai me dizer que apesar de ele defender abertamente o homossexualismo, o ecumenismo, o racismo e todos os outros ismos, ele ainda é um bom católico?

Godofredo. - Cada um tem sua religião. Só sei que graças aos seus artigos no site, ele converteu muita gente!

-Isso é verdade!

*Zezinho é Formado na Universidade de Great Sciences University nos EUA Doutor em Teologia Hipertomista, Ultrametafísica, Física Quântica, Mecânica, formado na Universidade The Bigger de Oh, Raio nos EUA em Astrologia, Antropologia, Sociologia, Economia, Especialista em Direito para Homens, Animais e Plantas, Escritor, Católico Polemista Tradicionalista Filósofo de Todas as Filosofias e atualmente é Jornalista e trabalha na Rádio The SuperCatholicRadio em Londres e é o Criador e Articulista do Site zezocatholicum.com.br

Obs: Obviamente há outros títulos de Zezinho, mas o currículo é tão extenso que não daria para descrevê-los unicamente neste blogue.

domingo, 4 de abril de 2010

A Ressureição de Cristo e o estado de putrefação dos católicos

Deus nos dá variados meios de conhecermos a verdade, muitas vezes a culpa é nossa mesmo, inteiramente nossa, por hesitarmos a procurá-la. No entanto é de doer o coração de Nosso Senhor as posições tomadas por alguns sacerdotes que simplesmente fazem coro com o demônio dizendo: Não há provas materiais da ressureição. Não? E o Santo Sudário? E os testemunhos dos padres da Igreja, dos apóstolos, dos milagres eucaristicos?

A Ressureição é um mistério que atinge a mim, particulamente. É um mistério que me faz apegar mais ainda aquela tradição pré-conciliar. Os mistérios da Igreja de sempre me cativam de uma forma singular. Há quem queira apenas saborear a ressureição, e reduzir- ou fazer desaparecer completamente-, todo o mistério do sacríficio da Paixão, retirando a imagem do Cristo Cruficado das paróquias, destruindo as mesas quadradas ridículas e pondo-lhes no lugar mesas redondas horrosas. Como podem observar, eles não odeiam somente o sacríficio da Missa.

As reformas nas igrejas, oh, sim, as reformas. São tão arrasadoras quanto os sermões dos párocos. Graças a Deus e a Virgem Santíssima não necessito mais ir à minha paróquia. Mas o mais impressionante é que uma daquelas senhoras puxadoras de terço conseguia ver beleza nestas deformas. Perderam o sentido da beleza na arquitetura também. Será culpa delas?

O pároco é enfático: Nós adoramos o Cristo Ressuscitado!!! Parece dizer alguma coisa como: olha nosso Cristo está vivo, ouviram irmãos evangélicos? Ouviram irmãos separados? E para provar isso aqui, embora não estejam aqui, vou retirar este Cristo morto e crucificado da parede, do altar, e por no lugar um Cristo vivo, porque a Igreja é viva, dinâmica e etc.

Já ouviram algo assim semelhante, não? E qual católico de hoje que nunca ouviu? Aqui na minha cidade, conheço pelo menos umas três igrejas que aderiram o discurso.

Segue então o estado de putrefação dos católicos...que bom seria se ressuscitassem!